segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Resenha: A bússola de ouro

Título Original: The golden compass
Autor: Philip Pullman
Ano de Publicação: 1995
Editora: Random House
Páginas: 368p.
Ano de Edição: 2003
ISBN: 0440238137
Idioma Original: Inglês
Título em português: A bússola de ouro




Sinopse:
A jovem Lyra se lança numa busca desesperada e enfrenta terríveis obstáculos quando seu amigo Roger desaparece em um universo de fantasias, onde os daemons correm pelas ruas de Oxford e Londres e um redemoinho de poeira misteriosa está por toda parte, tornando possível às crianças conhecerem segredos que os adultos dariam tudo para desvendar.


Este livro eu li para a proposta de leitura do calendário que o Vitor Martins fez e que eu estou fazendo como um desafio de leitura para mim.

A Bússola de Ouro (The Golden Compass) é o primeiro livro da trilogia His Dark Materials, aqui no Brasil recebeu o nome de Fronteiras do Universo, o segundo livro A Faca Sútil (The Subtle Knife) foi lançado em 1997 e o terceiro A Luneta Âmbar (The Amber Spyglass) em 2000, escritos pelo britânico Philip Pullman.

O primeiro livro ganhou versão cinematográfica em 2007, o filme recebeu o mesmo nome do livro e foi dirigido por Chris Weitz, tendo no papel de Mrs. Coulter, Nicole Kidman e do Lord Asriel, Daniel Craig (vulgo 007). Por alguma razão, não teve continuação.

Eu gostei do filme, foi ele que me levou a ler o livro. Assisti ao filme há muito tempo atrás e lembro que tinha gostado bastante e fiquei na espera da continuação (até então, não sabia que era baseado em um livro). Bem, a continuação nunca veio e eu me esqueci dele. Até que alguns meses atrás, eis que assisto novamente ao filme e vou procurar na internet mais sobre ele, descubro que é baseado em um livro e é uma trilogia.




Para começar o filme é muito diferente do livro, eles mudaram várias coisas, inverteram a ordem dos acontecimentos e o final do filme não é o mesmo que do livro. Eles simplesmente cortaram o último acontecimento, então se você assistiu ao filme e quer começar a ler o segundo livro, não faça isso. Porque o que acontece no final do livro é muito importante para entender o desenrolar da história no segundo livro.

Sério, eu não entendi porque cortaram isso. Em minha opinião o que acontece é de suma importância. Uma revelação que dá uma reviravolta na história. Leia o livro que é melhor do que o filme.

A história gira em torno de Lyra Belacqua, uma menina de 11 anos que vive na Universidade de Jordan, em Oxford. Junto com seu tio, Lord Asriel e é educada pelos scholars da universidade.

Lyra é uma garota travessa, que só quer brincar e se divertir com seus amigos, entre eles seu melhor amigo Roger, o garoto da cozinha. Até que ela ouve sobre Dust (Pó), ela se interessa e quer saber mais sobre Dust, mas ninguém a leva sério, afinal ela é apenas uma criança.

A vida de Lyra e Roger é de certo modo, bem tranquila e confortável. Até que surgem os Gobblers, ninguém sabe quem são eles, somente que eles sequestram as crianças e estas nunca mais são vistas. Roger é uma das crianças sequestradas, e Lyra promete que vai resgatar o amigo. Assim começam as aventuras de Lyra.

O mundo em que se passa a história é bem parecido com o nosso, com exceção de que todos os humanos têm um daemon.  Os daemons são uma manifestação da alma da pessoa em forma de animal. Quando eles são crianças os daemons mudam de forma constantemente, mas depois que eles se tornam adultos, os daemons assumem uma forma e não pode mais mudar. Os daemons refletem a personalidade do seu humano, cada um tem um nome próprio (o daemon da Lyra chama Pantalaimon – Pan), são de sexo oposto do ser humano (com raras exceções, os daemons podem ser do mesmo sexo) e eles não podem se afastar muito do seu humano. Sem os daemons, os humanos se sentem vazios e quando eles morrem os seus daemons também morrem.

“Soon she was fast asleep, with Pantalaimon curled around her neck in his favorite sleeping form as an ermine.”

O livro tem indicação para a faixa etária até 12 anos, classificado como livro para crianças. Mas ele não é um livro infantil, ele aborda assuntos tais como ciência, religião e autoritarismo que se a pessoa não tiver certa maturidade não vai assimilar as mensagens transmitidas pelo livro. Sim, ele é um livro de fantasia onde a protagonista é uma criança, mas só isso. Algumas partes podem até assustar uma criança de 10 anos, como as experiências que fazem com as crianças do livro, como os adultos as tratam e como os pais de Lyra se comportam em relação a ela. Eu sinceramente não entendi porque classificaram o livro como infantil.

O mundo apresentado pelo autor é um mundo fantástico, além dos daemons, temos também os ursos com armaduras (armored bears), bruxas que vivem centenas de anos, os gyptians (tipo ciganos do mar), muito mistério e a bússola de ouro, que é um objeto estranho que mostra a verdade, no livro chamado de alethiometer (aletiômetro).

“It´s an alethiometer ...” “But what does it do?” “It tells you the truth.”

O enredo é maravilhoso, o mistério ao redor do Pó te prende até o fim do livro. Mas infelizmente não gostei da escrita do Philip Pullman, achei muito maçante. Por causa disso, demorei muito para ler o livro. Ao mesmo tempo em que a história me prendia a escrita me fazia abandonar o livro rápido.

No inicio também não gostei da Lyra, achei ela muito infantil e egoísta, depois acabei gostando. Mas de longe, ela não é uma protagonista cativante, pelo menos não foi comigo. Adorei o Iorek Byrnison, o urso com armadura.

Este livro me pareceu ser só uma introdução para a história da trilogia, ele é bem parado nas duas primeiras partes. O autor explica, descreve e relata aos poucos como é o universo de Lyra e o que eles vão fazer. Já na terceira parte a ação começa e o ritmo muda completamente.


Eu vou ler a continuação da trilogia, mas vou esperar um pouco para passar o trauma da escrita do autor (rsrsrsrsrsrs). 





2 comentários:

  1. Olá,
    Eu acho o filme confuso e creio que é por isso que tenho vontade de ler os livros.
    Antigamente, vendiam a versão pocket, mas ano passado pela Bienal, só vi a grande. Mas, espero ler os três. A premissa é interessante. Ótima resenha.

    tenha uma ótima terça =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia o livro sim, ele é muito bom. O filme é muito ruim comparado com o livro.

      Excluir