quinta-feira, 12 de maio de 2016

Resenha: Coraline

Título Original: Coraline
Autor: Neil Gaiman
Ano de Publicação: 2002
Editora: HarperCollins Publishers Inc.
Páginas: 162p.
Ano de Edição: 2006
ISBN: 9780061139376
Idioma Original: Inglês
Título em português: Coraline




Sinopse:
Coraline acaba de se mudar para um apartamento num prédio antigo. Seus vizinhos são velhinhos excêntricos e amáveis que não conseguem dizer seu nome do jeito certo, mas encorajam sua curiosidade e seu instinto de exploração. Em uma tarde chuvosa, consegue abrir uma porta na sala de visitas de casa que sempre estivera trancada e descobre um caminho para um misterioso apartamento 'vazio' no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus 'outros' pais. Na verdade, aquele parece ser um 'outro' completo mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários.




Para o Desafio do Calendário, este mês tinha que ler um livro infantil. Não costumo ler esse gênero e na verdade não estava muito feliz em ler história para criança. Eis que o livro escolhido para o Clubinho foi Coraline do Neil Gaiman, li a sinopse e me pareceu ser interessante, eu adoro livros de terror e com certeza se este livro tivesse sido escrito quando eu era criança eu teria lido (amava ler livros e ver filmes de terror quando guria!).

Coraline é um livro bem curto, mas com uma história envolvente e a escrita fluida, o que ajuda na leitura. O livro te prende, te assusta e te deixa com vontade de querer entrar na história e ajudar a Coraline.

"Fairy tales are more than true: not because they tell us that dragons exist, but because they tell us that dragons can be beaten."

Coraline é uma menina muito esperta, inteligente e corajosa. Ela adora explorar, se considera uma ótima exploradora, não há lugar que ela não tenha ou pretenda conhecer e explorar. A casa em que ela mora, é uma antiga mansão dividida em quatro casas, no andar térreo moram duas senhoras com vários cachorros, no terceiro andar mora um ex-acrobata de circo que todos dizem ser maluco. O quarto flat está desocupado. Os vizinhos são simpáticos e ajudam Coraline a passar o tempo, só que nenhum deles a chama pelo nome dela, a chamam de Caroline, fazendo-a ficar brava.


A história se inicia com Coraline que se mudou há pouco tempo para uma casa nova junto com seus pais e se sente entediada quando um dia chuvoso a impede de explorar as redondezas da casa. Os pais de Coraline estão longe de serem os pais perfeitos, eles trabalham em casa e passam o tempo todo trabalhando, não dando a mínima atenção à filha.

Sem poder sair de casa e sem poder se divertir com os pais, Coraline aceita a sugestão do pai em explorar a sala de estar (único cômodo da casa que era proibido entrar ou brincar). Lá Coraline encontra uma porta, quando a mãe abre, ela descobre que há uma parede de tijolos bloqueando a passagem. Até que um barulho vindo da sala de estar a faz abrir a porta de novo e para sua surpresa atrás da porta há um corredor. Coraline que é corajosa e exploradora resolve atravessar o corredor.

O que ela encontra do outro lado? Uma casa exatamente igual a casa dela e uma mulher e homem exatamente como os pais dela, com exceção que nos lugar dos olhos, eles têm dois botões pretos. Macabro!!! Nesta outra casa Coraline tem pais atenciosos, comidas gostosas e os vizinhos a chamam pelo nome certo. Parecia uma vida ótima!


Mas a outra mãe não é tão boazinha quanto parece depois que Coraline decide ir embora para sua verdadeira mãe. A outra mãe sequestra os pais verdadeiros da Coraline, e ela precisa voltar para sua outra casa e resgata-los. Sim, é uma história assustadora, sombria, que dá calafrios – para as crianças.

Coraline tem uma história inovadora, para crianças não tão medrosas e principalmente para aquelas que estão cansadas de histórias de princesas e super-heróis. Além disso, é um ótimo livro para os adultos também. É um livro fantástico para todas as idades!

“I don't want whatever I want. Nobody does. Not really. What kind of fun would it be if I just got everything I ever wanted? Just like that, and it didn't mean anything. What then?”

Eu me imaginei com 10 anos lendo este livro e ficava pensando como reagiria em determinada cena. O autor sabe trabalhar o imaginário infantil com um toque macabro, dando inocência ao terror.

O livro traz ilustrações de Dave McKean dando um toque mais sombrio para a história, sem falar que os desenhos são maravilhosos.


Sei que tem uma animação, ainda não assisti, mas quero ver assim que possível.



Coraline é um livro que recomendo muito, ideal para todas as idades.


Nenhum comentário:

Postar um comentário